_

01/02/2018 - 18:16

Contas de Casimiro de Abreu têm parecer prévio contrário

O Tribunal de Contas do Estado do Rio e Janeiro emitiu, na sessão desta quinta-feira (01/02), parecer prévio contrário às contas do exercício 2016 de Casimiro de Abreu. O voto do conselheiro Rodrigo Melo do Nascimento apontou duas irregularidades, 15 impropriedades e 17 determinações nos números da gestão do ex-prefeito Antônio Marcos de Lemos Machado.

Responsável pelo voto, Rodrigo destacou as seguintes irregularidades: déficits financeiros ao longo da gestão que, em 2016, término do mandato, culminou com o montante de R$ 18.061.650,70, e a assunção de obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro dele, ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício sem que haja suficiente disponibilidade de caixa para este efeito.

Para destacar as irregularidades, o Corpo Instrutivo do Tribunal ressaltou, em seu relatório, que o ex-prefeito, ao assumir a gestão municipal, recebeu a cidade com um superávit de R$ 56.379.227,61.