_

07/02/2018 - 14:32

Adiada licitação de R$ 27,5 milhões da Polícia Civil   

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (PCERJ) teve o seu edital para contratação de empresa para prestação de serviço de apoio administrativo adiado pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ), nesta segunda-feira (05/02).  O edital, com valor estimado de R$ 27.585.785,49, gerou processo  relatado pelo conselheiro Rodrigo Melo Nascimento, que destacou uma série de correções a serem feitas.

Entre as determinações propostas ao chefe de Polícia Civil estão, entre outros itens, "a revisão do orçamento estimativo, ampliando as pesquisas de mercado", e o "envio de elementos que justifiquem o quantitativo de 233 postos de trabalho, com a identificação dos locais previstos, conforme qualificação dos profissionais e quantitativos". E também a "comprovação de que os profissionais elencados não são categorias profissionais previstas no plano de cargos da PCERJ".

O tribunal determinou ainda que o gestor "justifique a modelagem do orçamento estimado referente à equipe técnica colocada à disposição para a execução de serviços" e também "esclareça a diferença entre o preço estimado do edital e o inicial pactuado no contrato", visto que havia um contrato, em 2011, em que o número de postos de trabalho era maior e o valor estimado era menor que o atual, mesmo diante da redução do número de postos de trabalho.

Íntegra do voto